Banheiro reformado!

Eu estava devendo esse post…

Aqui está o antes/depois do banheiro de visitas. O meu tem o acabamento igual, por isso não tirei fotos dele.

 

Foi trabalhoso, confesso, mas valeu a pena. Ainda falta reformar o móvel do banheiro, como a largura da pia é a mesma, resolvemos manter a madeira (compensado laminado, está perfeito!) e trocar somente o revestimento (de fórmica para laminado pet – super ecológico!).

Agora, acompanhem o drama…

 

Primeiro dia:

Já começou bem. Uma chuva muito forte atingiu Sampa e o caminhão de entrega dos materiais atrasou. O pedreiro aproveitou para remover a faixa, raspar o rejunte e tirar algumas peças do azulejo que foram trocadas.

Tiramos também parte do piso do corredor que foi atingido pela infiltração do rejunte (pasmem! essas manchas escuras no azulejo, próximas ao piso, são por causa da água que infiltrou nas paredes e piso todo!).

Poeira, muita poeira.

 

Segundo dia:

A faixa que compramos tinha 5mm de expessura, já a anterior tinha 4mm assim como o azulejo. Legal né? Não, ele teve que picotar a parede toda e tirar tudo que tinha de massa ali até chegar no bloco.

Faixa colocada e piso removido. O chão ainda estava úmido por causa da infiltração, e o cheiro me matava!

 

Terceiro/Quarto dia:

Rejunte feito e piso colocado! Só que… não curti o rejunte, e o piso ficou mega torto.

O rejunte ficou falhado, usei o acrílico e ele vem como uma massinha. É duro de espalhar, dói demais os pulsos e o pedreiro não deu conta (deveria ter desconfiado dos óculos com mais de 5 graus que ele usava, tsc).

O piso ele cortou com serra mármore, picotou toda a borda. Já na hora de colocar, fez mais caca: bateu com o martelo de borracha e manchou o piso (em porcelanato TEM que forrar a ponta do martelo com um pano para isso não acontecer). Fora que ficaram algumas peças desniveladas, sabe quando você passa o pé e sente que tem uma mais pra cima que a outra? Pois é…

 

Quinto/Sexto dia:

 

Carnaval, passaram bem? Eu também. Peguei o raspador e troquei todo o rejunte, fiz tudo de novo. Não conseguiria viver com aquela coisa aplicada ali. Ficou bem melhor, não querendo me gabar, mas mesmo levando um dia todo ali achei o resultado satisfatório, liso e sem rugas no rejunte.

Rejuntei o piso também, mas antes não tivesse feito isso. Pude olhar cada milímetro do piso que foi mastigado pela serra mármore. Que desgosto…

Coloquei os acabamentos e só faltava esperar pela pia e box.

 

Sétimo dia :

Tcharaaaaaammmmmm!!!!!!!!!

Esse dia foi uma comédia… pedreiro martelando e quebrando tudo no banheiro da suíte, o colocador do box atrasou e chegou junto com o colocador da marmoraria. O pedreiro não conseguia trabalhar porque estavam desmontando o box do outro banheiro e colocando pia lá também. Uma beleza… Nada menos do que 5 profissionais em casa, eu, meu marido e meu filho que não teve aula na semana do carnaval. Lindo… e a vontade de fazer xixi e não poder entrar em NENHUM dos banheiros?

A pia deste banheiro veio certa, a do outro não. Eles furaram uma só para a torneira, a outra veio sem o furo e a cuba não estava bem centralizada. Ele até me perguntou se eu concordaria com a torneira na lateral, mas vamos lá, eu comprei uma pia com o furo no lugar certo uai! Não, não e não, e toc toc toc, quebrou a pia TO-DI-NHA! Eu achei que ele conseguiria tirar sem quebrar mas ele disse que era impossível. 30kg de mármore travertino indo para o saco de entulhos… mas confesso que adorei o profissionalismo deles! Essa marmoraria fez um trabalho incrível!

 

No dia seguinte o pedreiro colocou a torneira (que ficou molenga, vou arrumar) e já pudemos usar o banheiro (escovei os dentes no tanque!).

O duro foi aguentar mais 7 dias de reforma do outro banheiro…

Tiramos 5cm da pia, mas parece que foram 50! O banheiro ficou com espaço bom para circulação e hoje já é possível abrir as gavetas do móvel sem ter que fechar a porta.

Nesta foto de cima dá pra ver bem como o rejunte antigo deixava o azulejo com cara de velho. Fica a dica para quem quer renovar e não pode gastar, troque APENAS o rejunte (se as peças do azulejo estiverem em bom estado, lógico).

 

Ficou mais claro também, o piso escuro deixava o banheiro pequeno, triste, feio mesmo! Gosto mais assim, agora combina com o restante da casa.

Ainda falta muito gente, trocar o espelho, comprar os acabamentos (porta toalhas, papel higiênico, lixeira, reformar o móvel), mas o pior já passou.

Confesso que tive vontade de matar o pedreiro, matar o cachorro, o filho, o marido e me matar! que loucura! Poeira na casa todo dia, faxina todos os dias, ninguém merece…

Mas, valeu a pena. Ficou do jeito que eu queria e isso que importa né?


8 Comentários | Comente |

  • Ai que medooooooo!!! ahahahahaha Já sou “chatinha” por natureza e mês que vem começa reforma lá no apê: salas e quartos….Prefiro nem pensar nisso.
    Meu marido teve a brilhante idéia de nos mudarmos para a casa da minha sogra nesse período…Não queria muito, mas estou pensando seriamente!!
    Vamos trocar apenas o taco (antigo, riscado, feio) por um piso marfim/bege. Só que além disso terá que fazer o contra-piso(??) e quebrar um pouquinho da parede para fazer o rodapé embutido….Ou seja, sujeira,sujeira,poeira e mais poeira.
    Medoooo!!!

    Beijos,Van!!!
    Gabi

  • Pessoas como você ainda me fazem acreditar que o mundo é belo. Pois, como alguém tem o trabalho de fazer uma narrativa que parece tão banal. Mas que no fundo vai ajudar tantas pessoas?? Seu post me poupou um bom dinheiro. Hoje estou muito feliz por você. abraço. Ad

    • Adjalma, fico feliz em ter ajudado! Obrigada pelo comentário!

  • Também já há um ácido que ajudar a remover o rejunte. E há até uma ferramenta para isso:
    http://multicola.com.br/1/?p=260

    abs Ad

  • Olá Vanessa,
    Estou passando pelo tormento de reformar o banheiro, as peças estão desniveladas e eu detestei o rejunte, ficou com a cor desuniforme e muito poroso, acredito que logo vai embolorar tudo, estou pensando em trocar por aquele epóxi, será que consigo?? Ha! O eu banheiro ficou lindo Vanessa, qual cor de rejunte você usou? A cor do meu banheiro é parecido com a do seu. Um abraço.

    • Olá Susi! Acho que foi a cor Bege que usamos… Abraços!

  • Entao pode tirar so a faixa? comprei um apto e nao gosto da faixa, mas nao queria mexer no banheiro inteiro… nao quebrou nenhum azulejo ao tirar a faixa?

    • Olá Elisa!

      Dá pra trocar sim. Escolha um profissional cuidadoso para que ele consiga quebrar a faixa com o mínimo de danos aos azulejos que ficam próximos, alguns podem rachar e necessitar a troca, mas é possível sim. Aqui tive uma perda pequena, acredito que 5 peças para os dois banheiros, acho que valeu a pena!

      Repare apenas no tamanho da nova faixa, que deve ser o mais próximo possível da anterior para manter o distanciamento do rejunte e também na altura da peça, porque se for mais alta formará uma espécie de “degrau” na parede.

    Deixe um Comentário