Lavatórios para banheiros

Vocês sabem que existem nomes para cada tipo de cuba (lavatório) que a gente vê nos banheiros? E você sabe como chama cada um dos modelos? Eu não sabia…

Eu sou faminta por cultura inútil (ah vá, conhecimento não ocupa espaço!), e adorei pesquisar e entender todos os nomes dos modelos de lavatórios existentes no mercado, até mesmo para ficar mais fácil de pedir na loja e não perder tempo com o vendedor me explicando.

Cuba de embutir:

Esse modelo é o mais comum, clássico, atemporal! A maior facilidade é poder escoar a água da bancada facilmente e evitar que a pedra fique úmida por muito tempo. É colada com um produto especial por baixo da pedra. Pede misturadores baixos ou com pequena caída de água para não espirrar e molhar o banheiro todo.

Cuba de sobrepor:

Foto: www.icasa.com.br

Esse modelo é bem parecido com o de embutir, com a diferença do acabamento na bancada feito no próprio material do lavatório. Acho mais charmoso e higiênico, já que os de embutir costumam acumular sujeira entre a pedra e a louça. Esse foi o modelo que escolhemos!

Cuba de apoio:

A “queridinha” dos projetos atuais. Realmente confere um ar elegante e moderno ao ambiente mas já ouvi comentários que dependendo do modelo e do tipo de misturador instalado confere também uma bancada frequentemente molhada e a dona da casa maluca quando vem as visitas! Mas vale a pena se for um gosto, e gosto não se discute e nem tem preço! (até mesmo porque são mais caras do que de embutir e de sobrepor). Importante também calcular a altura final da borda do lavatório, o indicado é que esteja até 90cm de altura do piso (em alguns casos é necessário abaixar a altura da bancada).

Cubas de semi-encaixe:

Essa fica entre a de apoio e a de sobrepor. Encaixada em parte da bancada, aumenta muito pouco a altura do lavatório e ajuda quando existe a necessidade de uma bancada com pouca profundidade. O maior problema é que com seu formato, na maioria das vezes quadrado, acumula água nos cantinhos e dificulta a limpeza do lavatório. Bom escolher os modelos que possuem cantos mais arredondados para não ter problemas.

Lavatório de coluna:

Esse é facinho de lembrar! Muito comum nas casas mais antigas e pequenos lavabos, ganham agora armários que se encaixam embaixo para poder aproveitar o espaço de forma coerente. Simples, mas acho que tem um charme todo especial em banheiros com pouco uso.

Agora ficou fácil, aproveito e posso usar o blog como penseira e desocupar alguns bytes no meu cérebro! rs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 Comentários | Comente |

  • Eu já conhecia pq eu estudei isso, lembrei-me agora das aulas da história do mobiliário, nossa, tanto detalhezinho, cada móvel, cada partezinha tinha um nome, não lembro mais nada ahahahhaa mas é bem interessante!!

    Eu acho a cuba de apoio tão chique, mas acho que só pra lavabo mesmo, pq não é tão prática pela questão da água pra fora da cuba!

  • Bom dia
    Gostaria de saber onde encontro este lavatorio de canto como o da foto numero dois para comprar e se vcs tem o preço.

    Obrigada

    • Nilcéia, você pode tentar no site da C&C. Acho que eles devem ter… não sei o valor tá?

    • Querida Nilceia, ao contrário da Vanessa entendo que esse é o pior de todos os tipos de cuba. Repare que ao fechar a torneira os pingos de sua mão, ainda molhada, cairão sobre a bancada. Há 4 anos atrás comprei uma cuba dessas e estou mudando agora, porque não aguento mais ter um paninho (tipo perfex) em cima da bancada para enxugar a pia três ou quatro vezes ao dia. Estou trocando pelo modelo de sobrepor. A Vanessa tem razão quando diz que com ele pode ocorrer o mesmo problema que relatei acima. É necessário cuidado ao escolhê-lo. Caso sua torneira seja de bancada, procure adquirir uma cuba que tenha lugar para encaixar a torneira na própria cuba. Boa sorte!

    Deixe um Comentário